Movimento Paulistano de Luta Contra a Aids call [11] 98212-6950 email mopaids@gmail.com

Coordenadoria de IST/Aids de São Paulo inaugura o CTA da Cidade no Minhocão

O CTA da Cidade é uma unidade itinerante do Centro de Testagem e Aconselhamento e se deslocará pelo município oferecendo todos os serviços existentes nos outros 26 CTAs.

Agência Aids
23/11/2021

No próximo domingo (28), no Minhocão, das 11h às 16h, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inaugura uma unidade itinerante do Centro de Testagem e Aconselhamento, o CTA da Cidade, antecipando uma das ações preparadas pela Coordenadoria de IST/Aids da SMS para o Dia Mundial da Aids, celebrado em 1º de dezembro.

O CTA da Cidade é uma iniciativa inédita e se deslocará pelo município oferecendo todos os serviços existentes nos outros 26 CTAs da cidade. Assim como na PrEP na Rua, o objetivo é diminuir as barreiras de acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS) pela população mais vulnerável ao HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

Com uma estrutura robusta, a unidade móvel terá áreas de triagem, espera e coleta de exames, laboratório próprio, testagem rápida para HIV, hepatites B e C, além de teste diagnóstico para sífilis, com aplicação de medicamento em caso de resultado positivo.

Serão oferecidos também exames para clamídia e gonorreia, profilaxias pré e pós-exposição (PrEP e PEP) e entrega da primeira terapia antirretroviral (Tarv) aos usuários que testarem positivo para o HIV. Nesses casos, serão passadas orientações e realizados exames recomendados pelos protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas (PCDT), além de encaminhamentos aos serviços da Rede Municipal Especializada (RME) em IST/Aids, para seguimento ambulatorial.

“Ainda em seu primeiro ano, a oferta de PrEP ampliada, incluindo o projeto PrEP na Rua, já se mostrou um dos fatores preponderantes para a queda de novos casos de HIV na cidade de São Paulo, por mais um ano consecutivo. O CTA da Cidade vem para reforçar esse impacto positivo, levando uma estrutura completa de atendimento para onde estão as populações mais vulneráveis, em dias e horários alternativos”, celebra Cristina Abbate, coordenadora de IST/Aids.

Além de todos os serviços já citados, estarão disponíveis no novo CTA: camisinhas externas e internas, gel lubrificante e kits de autoteste para HIV, que permitem que as pessoas façam o teste em casa.

O que é PrEP?

A PrEP consiste no uso constante de medicamentos antirretrovirais (um comprimido por dia), de modo que, caso haja exposição ao vírus HIV, a pessoa já esteja protegida. O primeiro frasco de medicamentos é entregue ao final do processo de teste e consulta com os profissionais de saúde que estarão presentes na ação. Disponível no SUS desde janeiro de 2018, tem como público prioritário pessoas em situação de maior vulnerabilidade ao HIV, o que inclui alguns segmentos sociais, como gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH), profissionais do sexo, homens e mulheres trans, travestis e casais sorodiferentes (quando um tem HIV e o outro não). Segundo dados da SMS, até o dia 29 de outubro, 15.327 pessoas já iniciaram a PrEP nas unidades municipais de saúde da cidade de São Paulo.

O que é preciso para iniciar a PrEP?

O cidadão interessado em receber a PrEP será acolhido por um profissional de saúde, para avaliação da sua elegibilidade para a profilaxia. Será feito um teste rápido para HIV e outro teste de medição de creatinina (um indicador de possíveis problemas renais). Se não houver impedimentos, a pessoa já sai com o medicamento. Após 25 dias, ela deve se dirigir a uma unidade da RME de sua escolha para dar continuidade ao método de prevenção.

O resultado do teste rápido, tanto para pessoas que buscam a PrEP, como para quem apenas deseja realizar o teste para HIV, é dado por um profissional da saúde em local isolado. Em caso de teste reagente, é realizado um segundo exame. Se confirmado o resultado, são colhidos os exames preconizados, receitados os antirretrovirais e a pessoa é orientada a buscar uma unidade de saúde especializada em IST/Aids para dar seguimento ao tratamento.

Com isso, a cidade de São Paulo mantém seu compromisso de ampliação do diagnóstico e início imediato da terapia antirretroviral. A equipe que realiza ação extramuros faz o acompanhamento até que o paciente seja acolhido na unidade mais conveniente para o início do tratamento. Em caso de alteração na taxa de creatinina, a pessoa será encaminhada para uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

Serviço

Inauguração do CTA da Cidade
Data: domingo, 28 de novembro
Horário: das 11h às 16h
Onde: elevado Presidente João Goulart, Minhocão. Próximo à estação de Metrô Marechal Deodoro.
O que: diagnóstico para HIV, hepatites B e C, sífilis e demais ISTs, profilaxia pré e pós-exposição para HIV, atendimento e acolhimento aos pacientes, orientações e encaminhamentos aos serviços da RME, distribuição de kits de autotestes para HIV, camisinhas externas e internas e gel lubrificante.